Embaixada do Reino dos Países Baixos lança uma nova parceria com a Cruz Vermelha Brasileira para financiar o projeto Volta às Aulas

©Embassy of the Netherlands in Brazil
As equipes da CVB e da Embaixada do Reino dos Países Baixos no momento do lançamento da nova parceria

Visando atender crianças em situação de vulnerabilidade social na pandemia, especialmente em locais menos desenvolvidos e com índice de desenvolvimento humano (IDH) abaixo da linha da pobreza, a Cruz Vermelha Brasileira (CVB) lançou, na sexta-feira 17 de dezembro, o projeto ‘Volta às Aulas’ em parceria com a Embaixada do Reino dos Países Baixos, em Brasília (DF). A expectativa é que, em média, 32 mil pessoas sejam beneficiadas direta e indiretamente por meio da doações de kits escolares.

A iniciativa, voltada a alunas e alunos do ensino fundamental de escolas públicas nas regiões Norte e Nordeste do país, vai disponibilizar aproximadamente 8.400 kits escolares, compostos por mochila, caderno, apontador, borracha, cola branca, tesoura sem ponta, estojo, lápis grafite e lápis de cor. As ações serão realizadas por voluntários da Cruz Vermelha Brasileira sob a coordenação do Órgão Central da instituição.

Além disso, um dos grandes diferenciais da proposta é que o kit a ser disponibilizado aos estudantes também irá conter um manual de prevenção contra a Covid-19, máscaras descartáveis, álcool em gel 70% e uma garrafa reutilizável de água, a fim de minimizar o uso de bebedouros coletivos nas instituições de ensino e combater a disseminação da doença nos locais.

Segundo o presidente nacional da CVB, Júlio Cals, “com a nova realidade imposta pela pandemia do novo coronavírus e com o início das aulas se aproximando, muitas pessoas de baixa renda não conseguem pagar o mínimo necessário para as crianças iniciarem o ano letivo, então esse programa vem justamente para amparar esse grupo necessitado, além de fortalecer a educação e a saúde do povo brasileiro, bem como prevenir a evasão escolar”.

De acordo com o embaixador André Driessen, “a educação é a base de uma sociedade. Este projeto visa garantir que as famílias que mais sofreram economicamente com a pandemia consigam atender aos cuidados necessários para as aulas presenciais, ajudando assim, que suas crianças possam seguir na escola. Desta forma, a parceria entre a Cruz Vermelha Brasileira e o Reino dos Países Baixos tenta evitar que o efeito da pandemia de Covid-19 se estenda por mais gerações. A Embaixada do Reino dos Países Baixos se orgulha em apoiar esta iniciativa da CVB e acredita que o projeto possa servir de base para outras regiões com risco de evasão escolar”.

©Embassy of the Netherlands in Brazil
Presidente Nacional da CVB, Júlio Cals, recebe um cheque do Embaixador André Driessen, simbolizando a doação de 2 milhões de reais

O momento oficial de lançamento do projeto ‘Volta às Aulas’ ocorreu na sexta-feira 17 de Dezembro, às 11 horas, e foi organizado pela Embaixada do Reino dos Países Baixos com a presença do presidente nacional da Cruz Vermelha Brasileira, Júlio Cals, e representantes da Delegação da União Europeia e das Embaixadas da Alemanha, Bélgica, Canadá, Espanha, Eslovênia, Luxemburgo, e Reino Unido.

O Reino dos Países Baixos doou 2 milhões de Reais à Cruz Vermelha Brasileira para este projeto. O financiamento vem do programa especial do ministério Neerlandês de Relações Internacionais que visa ajudar países a combaterem a pandemia e seus efeitos